A maior, o mais distante, a mais pesada, o mais luminoso… etc…

[Eternos Aprendizes]Uma equipe europeia de astrônomos do ESO descobriu um exoplaneta em órbita de uma estrela alienígena que entrou na nossa Via Láctea vinda de outra galáxia. A detecção foi realizada através do telescópio MPG/ESO de 2,2 metros instalado no Observatório do ESO em La Silla, Chile. O exoplaneta similar a Júpiter é particularmente incomum, pois orbita uma estrela fora da seqüência principal, que se aproxima do final da sua vida. A qualquer momento este exoplaneta corre o risco de ser engolido pela sua estrela. O interessante também é que este sistema fornece pistas importantes sobre o destino do nosso próprio sistema planetário em um futuro distante.

 

Impressão artística do exoplaneta extragaláctico HIP 13044 b. Crédito: ESO/L. Calçada

Origem Extragaláctica? Como?

Durante os últimos 15 anos os astrônomos registraram 502 exoplanetas em 474 sistemas da nossa vizinhança cósmica (contagem de 20/11/2010), mas destes nenhum foi confirmado oficialmente fora da Via Láctea (veja detalhes sobre este tema em: “Encontraram o primeiro planeta extragaláctico em Andrômeda! “) [1]. Agora, no entanto, um exoplaneta com uma massa mínima de 1,25 vezes a massa de Júpiter [2] foi descoberto em órbita de uma estrela de origem extragaláctica, embora essa estrela se encontre atualmente no interior da nossa própria Galáxia. A estrela alienígena faz parte da “corrente de Helmi”, um grupo de estrelas que pertenciam originalmente a uma galáxia anã que foi devorada pela Via Láctea, em um ato de ‘canibalismo galáctico’ há cerca de seis a nove bilhões de anos.

“Esta descoberta é realmente emocionante,” salientou Rainer Klement do Max-Planck-Institut für Astronomie (MPIA), responsável pela seleção dos alvos deste estudo. “Pela primeira vez, os astrônomos detectaram um sistema exoplanetário em um aglomerado estelar de origem extragaláctica. Devido às grandes distâncias envolvidas, ainda não há observações confirmadas de exoplanetas em outras galáxias. Mas este canibalismo cósmico colocou em nosso caminho as evidências de um exoplaneta extragaláctico.”

A estrela é conhecida por HIP 13044 e reside a cerca de 2.000 anos-luz de distância na direção da constelação meridional de Fornax (Fornalha). Os astrônomos detectaram o exoplaneta, catalogado como HIP 13044 b, ao procurar minúsculas oscilações da estrela causadas pelo puxão gravitacional de um companheiro em órbita. Para obter estas medições tão precisas, a equipe utilizou o espectrógrafo de alta resolução FEROS [3] montado no telescópio MPG/ESO de 2,2 metros [4] do observatório de La Silla do ESO, no Chile.

Leia o texto completo em : http://eternosaprendizes.com/2010/11/20/hip-13044-b-astronomos-do-eso-descobriram-o-primeiro-exoplaneta-de-origem-extragalactica/#more-13171

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: